Pular para o conteúdo principal

Photoshop online? Passo.

Ultimamente tenho recebido dicas e notícias das mais variadas possíveis sobre o novo modo de se utilizar software: rodando o dito cujo online. Mas nenhuma destas tinha me convencido de que essa novidade veio pra ficar [pelo menos não enquanto tivermos conexões com preços absurdos e com velocidades absurdas (de baixas claro)], até que descubro o Pixlr, editor de imagens online. Diferentemente do Photoshop online onde se faz necessário todo um processo para utilização (sem falar em alguns bugs bizarros), o Pixlr parte do princípio que eu considero fundamental na web 2.0 (e assim por diante) que é dar praticidade ao usuário.

Dentre outras características, o Pixlr conta com uma interface muito agradável e leve, sem falar que já tem versão em português, é só clicar aqui.

É claro que ele não vai substituir seu editor principal, mas é uma salvação para aquelas situações mais TENSAS.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Utilizando o padrão de referências da ABNT no Word

Uma importante funcionalidade do Microsoft Word é o seu Gerenciador de Fontes Bibliográficas. Para aqueles que estão escrevendo algum trabalho acadêmico ou científico, é possível cadastrar todas as referências do trabalho e no final gerar a listagem já enumerada dos documentos que foram consultados na pesquisa. Essa postagem traz os arquivos necessários e as instruções para facilitar essa etapa da elaboração.

Como resetar completamente uma instalação do Apache no Ubuntu

Quando eu estava experimentando o módulo python do Apache (mod_python), eu 'de alguma maneira' estraguei minha instalação do Apache. Os arquivos de configuração ficaram em um estado estranho, então eu excluí a pasta /etc/apache2, removi o Apache (através do dpkg) e o reinstalei. Mas o resultado não foi como esperado, a pasta /etc/apache2 não foi recriada na instalação.

Como interpretar e utilizar gráficos

A quantidade de uma única postagem nos últimos 5 anos de blog mostra o quanto estive focado em outras coisas e sem tempo para escrever aqui. Porém, no meio de uma pandemia e com a finalização do meu doutorado, acabei ficando com mais tempo e colocando como meta a volta das publicações aqui no blog.
Nunca antes na história desse país a população, de uma maneira geral, se preocupou tanto com gráficos, curvas, média e outras questões básicas da estatística. Assim, em tempos de coronavírus, essa postagem tem o objetivo de auxiliar que mais e mais pessoas consigam interpretar gráficos, fazer comparações e, inclusive, saber o melhor tipo de gráfico para usar em determinados casos.