Pular para o conteúdo principal

Programando em JAVA: Primeiros passos

Vou iniciar uma série de postagens para quem, assim como eu, está iniciando o aprendizado de Programação Orientada a Objetos e utilizando a tecnologia JAVA para tal.

LINKS:
Primeiro vou disponibilizar uma lista de links aqui e já me ajudaram muito a entender sobre a linguagem e a como dar os primeiros passos:
JavaMan - O evangelista Java, traz um site com várias informações, mas estou linkando primeiramente para um artigo onde o autor descreve dicas para quem está iniciando na linguagem, vale a pena ler.
GUJ - O Grupo de Usuários Java, traz um site com fórum e artigos muito interessantes, facilitando muito naquela hora de dúvidas inesperadas que nem o Guroogle consegue responder. Recomendo também o artigo sobre a sopa de letrinhas que vocês irão se deparar: j2sd, jre, j2ee, j2me e etc..
JAVA.SUN - E como não poderia deixar de ser, o site oficial. O link está voltado para uma seção de downloads mais importantes, mas você pode e deve navegar por outras seções do site para conhecer mais sobre a empresa, a tecnologia e tudo aquilo que a SUN oferece para nós programadores, facilidades, novidades e etc.


DOWNLOADS:
No estilo receita de bolo, você vai precisar de:
Java SE Development Kit (JDK) 6 - Conjunto de ferramentas para desenvolvimento, que atualmente (no momento deste artigo) está em seu update 14;
Java 2 Standard Edition API Documentation - A documentação da API (pra quem veio do C ou C++ é mais ou menos como a documentação das bibliotecas);
IDE - Como em outras linguagens, claro que Java possui diversas interfaces de desenvolvimento, fique a vontade para escolher a sua, lembrando que as mais utilizadas são: eclipse e NetBeans. Li em alguns lugares que para o início do aprendizado não se deve utlizar IDEs, mas fica a seu cargo isso, já que as IDEs facilitam muito o desenvolvimento, e programando em "editores puros" você terá que se concentrar mais na sintaxe do código em si.


CONFIGURANDO O AMBIENTE:
Chegamos num ponto onde programar em Java difere um pouco de outras linguagens de programação, e estudando sobre ela você vai entender porquê. Cada sistema operacional deverá ser configurado para suportar a execução e o ato de compilar os programas que você criar em Java, sendo assim, cada SO tem suas particularidades nessas configurações.

Para compilar os programas a partir da linha de comando e de qualquer pasta que você esteja (ex.: C:\Fulano) é preciso configurar o PATH. A configuração para Windows Vista/XP/2000 difrem um pouco de Windows mais antigos como 98 e etc..

Windows ME/98/95 - Localize o arquivo autoexec.bat que geralmente está na raiz C:\, edite-o adicionando a seguinte linha:
SET JAVA_HOME="caminho do diretório onde o Java (JDK) foi instalado"
Exemplo: SET JAVA_HOME=c:\Fulano\j2sdk1.x_xx

Ainda editando o autoexec.bat adicione a seguinte linha, que serve para configurarmos o PATH principal:
SET PATH=%PATH%;%JAVA_HOME%\bin
Observação: talvez já exista uma diretiva "PATH", sendo assim, adicione a linha acima logo após a existente.

E agora resta configurar a diretiva CLASSPATH, a qual servirá para que o compilador e o interpretador saibam onde se encontram as bibliotecas/APIs necessárias:
SET CLASSPATH=.;%JAVA_HOME%
Observação: o '.' antes do ponto e vírgula não deve ser esquecido.


Windows Vista/XP/2000 - As diretivas são configuradas com maior facilidade nestas versões, é oferecido um atalho (em geral, as versões diferem um pouco entre si nos caminhos para se chegar nas variáveis de ambiente). Nestas versões as diretivas são tidas como 'Variáveis de Ambiente', que podem ser do sistema ou apenas do usuário. Mas vamos ao que interessa:
- Clicando com o botão direito em Meu Computador, localize e clique na aba Avançado;
- Pressione o botão 'Variáveis de ambiente' e decida se irá utilizar as variáveis apenas para um usuário do computador ou para o sistema todo em si;
- Crie/Edite as variáveis com os mesmos valores utilizados na configuração das versões anteriores do Windows:
Variável: JAVA_HOME Valor: "caminho do diretório onde o Java (JDK) foi instalado"
Variável: PATH Valor: %PATH%;%JAVA_HOME%\bin
Variável: CLASSPATH Valor: .;%JAVA_HOME%

Observação: Caso algum destas variáveis já exista, basta alterá-las, colocando os valor acima após um ';' inserido logo depois dos valores que já estão atribuídos.

Terminada a inserção/edição das variáveis reinicie o seu sistema, no próximo boot seu Windows já irá estar pronto para executar e compilar programas em Java. Para fazer um teste digite na linha de comando:
javac


JAVA TUTORIAL:
Depois de escrever, ler, reler, pesquisar, descobri que a SUN disponibiliza gratuitamente em seu site um MEGA tutorial de Java, vale muito a pena tirar algumas horas para ler e praticar todo o conteúdo disponibilizado.


HELLO WORLD:
E como não poderia deixar de ser, vamos criar a primeira aplicação (ou falta dela) em Java.
Aqui vou começar do bloco de notas, você pode utilizar o editor de textos ou IDE de sua preferência.
Partindo do ponto em que você já baixou e instalou o JDK 6 e possui um editor de textos aberto ou que possa ser utlizado, vamos 'codar' e entender o código do HelloWorld em Java.
O código do nosso HelloWorld possui três (3) principais elementos:
- Comentários, assim como em C, C++, PHP e etc. possuem dois tipos de sintaxe:
// para comentários de uma única linha;
/* */ para blocos de comentários que possuem mais de uma linha.
- Classe (ou definição de uma), a definição de uma classe mais básica sempre vai ser algo parecido com o seguinte trecho de código:
class HelloWorld
A palavra chave class começa a definição da classe chamada HelloWorld e o código que a define estará disposto entre as chaves { };
- O método main, em Java toda aplicação deve conter um método main cuja sintaxe é:
public static void main(String[] args)
Os modificadores public e static podem ser escritos em qualquer ordem (public static ou static public), mas a maneira convencional é a ordem public static. Você pode nomear o argumento com qualquer outro nome, mas a maioria dos programadores se utiliza dos termos: args ou argv. O método main em Java é similar a função main em C e C++, é o ponto inicial da sua aplicação e vai posteriormente fazer a chamada ou se utilizar dos demais métodos requiridos pelo seu programa.
O método main aceita um único argumento: um array de elementos do tipo String.

Código:
class HelloWorldApp {
public static void main(String[] args) {
System.out.println("Hello World!");
}
}


Salve-o com a extensão .java e a partir da linha de comando (caso já tenha realizado as configurações de ambiente) compile seu programa:
javac HelloWorld.java

E para executar:
java HelloWorld

A saída: Hello World! deverá ser impressa no prompt de comando.

Em caso de dúvidas deixe um comentário ou entre em contato: felipealencar@email.com.

Comentários

  1. Eu estou na luta para aprender Java desde a faculdade! Criei até um blog para Compartilhar o que vou aprendendo!
    http://programacaoemjava.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Utilizando o padrão de referências da ABNT no Word

Uma importante funcionalidade do Microsoft Word é o seu Gerenciador de Fontes Bibliográficas. Para aqueles que estão escrevendo algum trabalho acadêmico ou científico, é possível cadastrar todas as referências do trabalho e no final gerar a listagem já enumerada dos documentos que foram consultados na pesquisa. Essa postagem traz os arquivos necessários e as instruções para facilitar essa etapa da elaboração.

Como elaborar um TCC em Sistemas de Informação

Alguns meses atrás estive na tão conhecida saga de elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso, o TCC, e somente comprovei aquilo que eu via em forma de desabafo nas redes sociais e que tantos outros colegas de faculdade me falavam. Uma das definições mais aceitas por mim sobre o que é um TCC é a citada pela minha orientadora: "é uma gestação". E realmente, apesar de ter feito o meu em cerca de 1 mês (não recomendo isso para ninguém, mas era minha única saída para não ficar desempregado e sem a possibilidade de cursar meu mestrado, mas essa é outra história), um TCC bem feito deve ter seu cronograma definido para 6 meses, no mínimo, e isso deveria ser uma recomendação do Ministério da Saúde para que os graduandos não percam sua saúde mental.

Mininet: Uma Rede Virtual Instantânea no Seu PC

Baseado no texto de introdução presente no site oficial do Mininet (www.mininet.org) apresento esta ferramenta que possibilita a desenvolvedores e pesquisadores a criação de uma rede virtual realista, executando um kernel real, switch e código de aplicação, em uma única máquina (VM, cloud ou nativa), em segundos, com comandos simples.

A rede virtual criada pelo Mininet é escalável, uma rede definida por software em um único PC utilizando processos do Linux. Isso possibilita um meio inteligente de realizar testes e simulações de uma rede antes de implementá-la em meio físico, caso esse seja o objetivo.